Citação

"A felicidade não lhe é proporcionada por ninguém.
Ela encontra-se somente no próprio esforço
Em revelar o tesouro das profundezas de sua vida, e
se poli-lo cuidadosamente,
Desenvolverá a coragem e a esperança,
Ao longo do caminho."

Pensamento budista - Referência: Sandro Ribeiro


sábado, 18 de dezembro de 2010

Palavra de Natal




Que a harmonia nos inspire, a energia nos sustente, e o inconsciente nos revele ... de tal forma que fiquemos mais generosos (as) e inteiros(as). E em sendo assim,  fale a Mim, Senhor!

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Saudade do Dante



Eu ainda me admiro de receber recados deste meu irmão jovial... como se não fosse proprio dele querer que as pessoas estivessem de alto astral. As vezes eu me esqueço, fico meio 'macambúzia e meditabunda', e aí vem ele, meu Loirinho, me acordar para a vida. Meu melhor amigo!

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Ainda - amanheceres

Recebi uma mensagem de uma amiga, com um texto tão bonito que publico aqui.










"Li sua postagem em Vidas, Perdas e Reparações. Tive a perfeita sensação de estar nesse amanhecer que voce descreve. É de hoje e é de ontem. A imagem da carroça de leite nos leva a amanheceres mais distantes, de ruídos e cheiros, ainda sem as imagens à plena luz do dia. Nos meus amanheceres distantes, tb há uma carroça de leite, que segue lenta, " amaciando os paralelepipedos". Ouço-lhe o rolar pelas manhãs e quando saio à rua, olho as pedras: parecem mais polidas, arestas arredondadas.( Há pouco tempo, escrevi sobre esse rolar,treinando o suo de imagens evocadas pelos sons e cheiros).
Depois desse seu amanhecer, que tanto lembra meus amanheceres distantes, fico pensando se a minha vida segue como a carroça de leite da mémória. Acho que sim....Mas, além de lenta e umida, vai polindo as pedras do caminho."

Denize Dedeca de Camara
Nota: artigo com permissão

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

À cada dia



Uma luz clara entra pela janela inda fechada. Mas antes, ouvem-se os sons das seis horas, uns costumeiros, outros diferentes. Ao longe, os carros na rodovia, muito baixinho... aqui, no meio do estado, os sentimentos difíceis fazem diferença. Entretanto misturam-se aos sons e cheiros meigos, de todo dia. E a vida vai passando, como uma carroça de leite. Úmida, humilde, devagar.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

PAIS

PAPAI
Papai
Papaia
Pai
Padrinho

Abençoados

Papapaaapa diz o gago
Papa diz o bebê
(e a população católica)

O gato diz Maiu e eu me atraPAIo

Mas juro que um dia ainda vou te dar aquele abraço
'dinovo!'

PS: nao tenho gato, foi só uma PAI iada.


domingo, 11 de julho de 2010

Aniversários

Tem gente que gosta de festa, outras pessoas preferem algo reservado. Eu não me defini, e deixo a vida me levar. Julho é um mês festeiro, temos várias pessoas cumprindo anos. Minha prima, minha cunhada, maridinho, amigas, Dona Doracy, eu mesma, sogro, vovô Lima, vovó Maricota (In Memorian), cunhada Gô, e acho que só. Então fico observando o andar da vida. O aniversário traz questoes íntimas que podem ou não ser aprofundadas. Nem sempre vale a pena pensar nisto. O importante deveras é cumprir o ritual alegre e soberanamente. 'Como mandam os poetas'.... e sábios.
Penso em como encarava os aniversários na infancia e juventude. Era sempre uma festa interior. Ainda é. Mas ainda gosto mais do Reveillon...
Mas como é importante cumprimentar os aniversariantes... Adoro! Meus melhores desejos para as pessoas lunáticas, poetas, místicas, 'caretas' e maravilhosamente apaixonadas de julho.

sexta-feira, 9 de julho de 2010

'Enterre os mortos, cuide dos vivos e feche os portos'

TERREMOTOS

Dizem que passado o terremoto de Lisboa (1755),
o Rei perguntou ao General o que
se havia de fazer.
Ele respondeu ao Rei:
'Sepultar os mortos,
cuidar dos vivos e fechar os portos'.

Essa resposta simples,
franca e direta tem muito
a nos ensinar.

Muitas vezes temos em nossa vida
'terremotos' avassaladores,
o que fazer?
Exatamente o que disse o General:
'Sepultar os mortos,
cuidar dos vivos e fechar os portos'.

E o que isso quer dizer para a nossa vida?

Sepultar os mortos significa que não adianta
ficar reclamando e chorando o passado.
É preciso 'sepultar' o passado.
Colocá-lo debaixo da terra.
Isso significa 'esquecer' o passado.
Enterrar os mortos.

Cuidar dos vivos significa que,
depois de enterrar o passado,
em seguida temos que cuidar do presente.
Cuidar do que ficou vivo.
Cuidar do que sobrou.
Cuidar do que realmente existe.

Fazer o que tiver que ser feito para
salvar o que restou do terremoto.

Fechar os portos significa não deixar as
'portas' abertas para que novos
problemas possam surgir ou
'vir de fora' enquanto estamos
cuidando e salvando o que restou
do terremoto de nossa vida.
Significa concentrar-se na reconstrução,
no novo.
É assim que a história nos ensina.
Por isso a história é 'a mestra da vida'.
Portanto,
quando você enfrentar um terremoto,
não se esqueça:
enterre os mortos,
cuide dos vivos e feche os portos.

Recebi por e-mail, desconheço a autoria.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Uma casa é uma casa é uma casa

Gente, encontrei este blog na internet. Para vc. que como eu procura coisas diferentes e recicláveis para fazer um aconchêgo, e d+.

http://home-boxer.blogspot.com/

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Mudança no estrito senso

Depois de muito planejamento e reza, voltei para minha terra natal. Uma cidade azul no interior, que fica salmon no meio da tarde, principalmente para os lados da rua 5, depois da av. 6. A principal mudança que sentimos foi no decorrer do dia. O tempo anda devagar... a gente pensa que já passou tanto tempo, as vezes dá aquele susto de atraso - mas - não, o tempo passa moroso, ora Graças!! Chronos é totalmente dominado por Kairos, e a vida se enriquece.
O ceu anda azul mesmo, de sentar no jardim e olhar para cima, assossegando o coração antes pululante de uma habitante de cidade grande.
Uma casa é uma casa, e a minha já veio com roseira. Adicionei meus vasos, meus discos e livros, e... me apeguei.

sexta-feira, 9 de abril de 2010

Minha amiga em Paraty

A assumida caiçara  Maria Emília me enviou  um som belissimo.
Compartilhando....Paraty






Venha aprender um idioma no Livemocha e ganhe um Curso Rápido para Viagem!

Venha aprender um idioma no Livemocha e ganhe um Curso Rápido para Viagem!: "Livemocha é a maior comunidade para o aprendizado de línguas online no mundo, com mais de 35 línguas e falantes nativos para ajudá-lo no aprendizado."

Este site é interessante e gratuito. Bom para treinar seus idiomas!

sexta-feira, 1 de janeiro de 2010

A última lua de 2009

Veja as fotografias de Campimas a 9 hora de ontem. Um presente lindo de minha mana cunhada. Pisciniana, a dona dos mistérios e relações da alma.A lua foi a grande pedida da noite!
Lua, manda a tia luz prateada para nós... mortais admiradoras, enlouquecidas mulheres, fazedoras de gente e de mentes!

Sociable